Cinara Piccolo/Photo & Grafia/Divulgação
Cinara Piccolo/Photo & Grafia/Divulgação

Seleção feminina de handebol vence Paraguai por 41 a 9

Em mais uma goleada, brasileiras se revelam as favoritas do Campeonato Sul-Americano

O Estado de S. Paulo

20 de março de 2013 | 17h43

MAR DEL PLATA - A Seleção Brasileira Feminina de Handebol não dá moleza para suas adversárias no Campeonato Sul-Americano. No segundo desafio da equipe comandada pelo técnico Morten Soubak, a equipe brasileira goleou as paraguaias pelo nada modesto placar de 41 a 9. Na quinta-feira, o Brasil enfrenta a Venezuela as 14h.

Durante o primeiro tempo, as brasileiras chegaram a fazer cinco a zero. Na sequência, as paraguaias marcaram duas vezes, mas o esforço não foi o suficiente para apagar o brilho da seleção do Brasil.  O primeiro tempo encerrou com o placar de 20 a 3. Com o resultado praticamente garantido, Soubak decidiu fazer um rodízio entre as atletas e acabou fazendo mais 21 gols.

"No primeiro tempo, erramos alguns fundamentos técnicos, o que foi desnecessário, mas conseguimos corrigir no segundo tempo. Assim como no jogo de ontem, integramos as meninas mais novas na equipe, que também jogaram muito bem", afirmou o técnico da seleção brasileira. Na terça-feira, o Brasil fez os mesmos 41 gols contra a seleção do Chile, mas levou outros 17.

O campeonato é disputado no sistema de pontos corridos. Além do Brasil, participam a Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai e Venezuela. As quatro primeiras colocadas garantem vaga no Pan-Americano, em junho, classificatório para o Mundial, em dezembro.

Gols do Brasil na partida: Fernanda (8), Alexandra (7), Moniky (5), Samira (5), Deonise (3), Francielle (3), Adriana (2), Fabiana (2), Nadyne (2), Ana Paula (1), Débora (1), Eduarda (1) e Patricia (1).

PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira (21)

14h - Brasil x Venezuela

Sexta-feira (22)

14h: Brasil x Uruguai

Sábado (23)

16h: Brasil x Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.