Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Seleção feminina de polo aquático perde mais uma no Mundial de Budapeste

Brasil é superado pela Itália, vice-campeã olímpica, pelo elástico placar de 18 a 4

Estadao Conteudo

18 de julho de 2017 | 21h14

A seleção brasileira feminina de polo aquático sofreu mais uma derrota no Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, na Hungria. Nesta terça-feira, o time brasileiro enfrentou seu maior desafio no Grupo A: a Itália, vice-campeã olímpica no Rio-2016 e medalha de bronze no último Mundial. E as italianas venceram pelo elástico placar de 18 a 4.

Marina Zablith, duas vezes, e Mariana Rogê e Diana Abla marcaram os gols brasileiros na dura derrota na Ilha de Marguerite, casa do polo aquático neste Mundial. Na estreia, no domingo, as brasileiras haviam sido batidas pelas chinesas por 11 a 4.

Para este Mundial, o técnico Eduardo Abla trouxe uma equipe renovada, visando o novo ciclo olímpico. "A vantagem desse grupo é não ter vício. Quando se é nova, você é muito mais aberta para novas aprendizagens, e nós temos que absorver todas as novas informações. A gente joga não sem pressão, mas sem nada a perder, muito pelo contrário, temos muito a ganhar. Todo o ataque e toda a defesa é uma oportunidade para evoluir", disse a capitã, Marina Zablith.

Duda, como é conhecido o treinador, admite as limitações técnicas da equipe, mas já vê evolução do time. "Mesmo as meninas mais novas mostram um fundamento muito bom. Ficamos um pouco mais abaixo é na parte tática e na técnica individual. O time italiano lê melhor as possíveis jogadas, mas isso elas vão conquistar com o tempo e experiência de jogo", avaliou.

A seleção feminina de polo volta a jogar nesta quinta-feira, em mais uma rodada do Grupo A. O adversário será o Canadá. A partida está marcada para as 17h30 (horário de Brasília).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.