Seleção feminina é atropelada pelos EUA no polo e vai disputar o bronze

A seleção Brasileira feminina de polo aquático precisava ganhar do frágil time de Porto Rico por oito gols de diferença para fugir dos Estados Unidos na semifinal dos Jogos pan-americanos. Fez saldo de apenas sete e teve que pegar as melhores do mundo. Neste domingo, levou uma goleada inapelável, por 16 a 3.

Estadão Conteúdo

12 de julho de 2015 | 23h05

Com a derrota, o Brasil vai ter que se contentar com a disputa - e provável conquista - da medalha de bronze, contra Cuba. As cubanas, que poderiam ter sido as adversárias da seleção na semifinal não fosse o vacilo na fase de grupos, levaram 14 a 7 do Canadá, rival com o qual o Brasil empatou.

Contra os EUA, o Brasil não tinha a menor chance. Tanto que diversas jogadoras foram às lágrimas depois do "tropeço" contra Porto Rico. Só o primeiro tempo terminou 9 a 2. As norte-americanas ainda tiraram o pé no último quarto, em que só marcaram dois gols.

A disputa pelo bronze será na terça-feira, às 19h de Brasília. Depois, EUA e Canadá se enfrentam pelo ouro. No masculino, o Brasil venceu o Canadá e fugiu da semi contra os norte-americanos. A seleção pega a Argentina, nesta segunda, às 21h.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanospolo aquático

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.