Site Oficial / CBHB
Site Oficial / CBHB

Seleção masculina de handebol divulga lista prévia de convocados para o Mundial

Competição será disputada na Alemanha e na Dinamarca entre 10 e 27 de janeiro

Estadão Conteúdo

13 Dezembro 2018 | 10h46

O técnico Washington Nunes definiu a lista de pré-inscritos da seleção brasileira para o Mundial Masculino de Handebol, que vai ser disputado em janeiro na Alemanha e na Dinamarca. Embora tenha definido uma relação de 28 nomes, a equipe seguirá para treinamentos e amistosos na Noruega com apenas 20 jogadores.

No dia 26, a seleção embarcará para a Noruega, onde participará de um torneio amistoso de 3 a 6 de janeiro contra a equipe da casa, a Holanda e a Islândia. "Perdemos três atletas importantíssimos por lesão e que estarão fora da competição. Mas, sinceramente, acredito no potencial daqueles que representarão nossa equipe na Alemanha e Dinamarca", afirmou o treinador do Brasil, que fará o corte final na lista de convocados em 2 de janeiro, já no continente europeu.

"Fechamos essa lista com os 28 nomes, mas, levaremos somente 20 atletas para a Noruega no dia 26 de dezembro e no dia 2 de janeiro, haverá um corte, e ficarão somente os 16 para o torneio amistoso e já para o Mundial", acrescentou o técnico.

O Mundial de Handebol vai ser disputado de 10 a 27 de janeiro, sendo que a seleção brasileira está no Grupo A ao lado da atual bicampeã França, sua rival na estreia, no dia 11, da anfitriã Alemanha, da Rússia, da Sérvia e da Coreia, que terá um time composto por atletas das nações do Sul e do Norte.

Nunes admite que o Brasil deverá ter dificuldades nos duelos contra Alemanha e França, mas acredita que a seleção tem condições de ficar entre os três melhores da chave, avançando à segunda fase. "Contra Sérvia, Coreia e Rússia com certeza jogaremos de igual para igual e se estivermos em um bom dia, temos total capacidade de vencê-los e conquistarmos uma vaga na fase seguinte", disse Nunes.


Confira a lista preliminar de convocados do Brasil para o Mundial:

Goleiros: Bombom, Ferrugem, Maik Santos e Rangel Rosa.

Pontas-esquerdas: Alemão, Cléryston Novais e Felipe Borges.

Laterais-esquerdos: Guilherme Valadão, Haniel Langaro, Leonardo Dutra, Leonardo Sampaio, Raul Nantes, Thiago Ponciano e Thiagus Petrus.

Armadores centrais: Acácio Marques, Henrique Teixeira, Leonardo Abrahão e Thiago Santos.

Laterais-direitos: Gustavo Rodrigues, José Toledo e Gabriel Cereta.

Pontas-direitas: Fábio Chiuffa, Rudolph e Lucas Candido.

Pivôs: Tchê, Cauê Herrera, Leonardo Domenech e Vinícius Teixeira.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.