Wander Roberto/Inovafoto
Wander Roberto/Inovafoto

Seleção masculina de handebol treina antes do Mundial no Catar

Técnico Jordi Ribera usará período para definir os 16 convocados para a competição em Doha, entre 15 de janeiro e 1 de fevereiro

O Estado de S. Paulo

26 de dezembro de 2014 | 09h45

De olho no Mundial de Handebol em Doha, no Catar, a seleção brasileira masculina inicia nesta sexta-feira um período decisivo de treinamento no ABC Paulista. As atividades de quadra serão realizadas no ginásio Noêmia Assumpção (Camilópolis), em Santo André, e o trabalho de academia ocorrerá no ginásio do EDA, em São Caetano do Sul.

A equipe comandada pelo espanhol Jordi Ribera fará uma pausa apenas entre 31 de dezembro e 3 de janeiro. O técnico usará esse período de treinamento para definir os 16 convocados para o Mundial. No dia 7, o grupo viaja para o Egito, onde participará de um torneio amistoso preparatório para a competição, que será disputada entre 15 de janeiro e 1 de fevereiro.

De acordo com Ribera, o momento será decisivo para estudar os adversários e para desenvolver um trabalho focado no Mundial. "Vamos poder trabalhar e orientar a equipe com relação às ações coletivas e táticas", explica. "Será também o reencontro dos atletas que atuam em clubes europeus com os do Brasil", afirma o treinador, lembrando que a última fase contou apenas com jogadores que atuam no País.

O objetivo da seleção brasileira no Catar é melhorar a posição obtida na última edição. Na Espanha, a equipe ficou com o 13.º lugar, a melhor colocação do País até hoje na categoria.

Convocados para a última fase de treinamento antes do Mundial:

Goleiros - César Augusto Oliveira de Almeida (Asociación Deportiva Ciudad de Guadalajara-Espanha), Luís Ricardo Miles do Nascimento (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP) e Maik Ferreira dos Santos (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP).

Pivôs - Alexandro Pozzer (Asociación Deportiva Ciudad de Guadalajara-Espanha), Rogério Moraes Ferreira (Vila Olímpica Manoel Tubino/FAB-RJ) e Vinícius Santos Teixeira (EC Pinheiros-SP).

Armadores - Arthur Malburg Patrianova (BM Villa de Aranda-Espanha), Fernando José Pacheco Filho (EC Pinheiros-SP), Guilherme Valadão Gama (BM Granollers-Espanha), Gustavo Nakamura Cardoso (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), José Guilherme de Toledo (BM Granollers-Espanha) e Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Nathurhouse La Rioja-Espanha).

Pontas - Carlos Alberto Mirabal Castillo (Metodista/São Bernardo-SP), Cléber Antônio de Andrade (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), Cleryston David Cordeiro Novais (Vila Olímpica Manoel Tubino/FAB-RJ), Fábio Rocha Chiuffa (Asociación Deportiva Ciudad de Guadalajara-Espanha) e Lucas Cândido (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP).

Centrais - Diogo Kent Hubner (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), Henrique Selicani Teixeira (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP) e João Pedro Francisco da Silva (Real Ademar León-Espanha). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.