Seleção vira contra a Holanda, mas preocupa

Não foi a melhor apresentação da seleção brasileira masculina de vôlei, mas o time mostrou um importante poder de superação ao derrotar de virada a Holanda em Roterdã por 3 sets a 2 (19/25, 23/25, 25/22, 25/17 e 15/10). Com o resultado, o time manteve a liderança do Grupo A da Liga Mundial pelo critério de desempate pelo número de vitórias. O Brasil está em primeiro com 19 pontos e 7 vitórias contra 6 da Bulgária, que ontem venceu a Coreia do Sul em casa por 3 sets a 1 (31/29, 25/21, 22/25 e 25/23).

, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2010 | 00h00

Apesar das vitórias, o técnico Bernardinho admitiu que a seleção não está bem. "O time está mostrando uma coisa que preocupa", disse. "Está faltando jogar com alegria. Precisamos resgatá-la." Para o treinador, pode ser a solução para um problema crônico do time nesta Liga Mundial: a falta de regularidade. "Foram dois jogos duros contra a Holanda, e o Brasil continua oscilando muito. Fizemos mudanças na equipe, mas agora é continuar focando bem nosso objetivo que é a classificação para a fase final na Argentina."

Os próximos dois jogos do Brasil serão contra a Coreia do Sul, no fim de semana, quando os búlgaros receberão os holandeses. Entre todas as equipes na Liga. a única que segue invicta é a Rússia, que está no Grupo B, com oito vitórias e 23 pontos ganhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.