Seleções fazem até 4 viagens e jogam 17 vezes em 44 dias

A Liga Mundial é a competição mais cansativa do vôlei. Em 44 dias, os times podem jogar até 17 vezes e fazer quatro viagens. Os deslocamentos não costumam ser curtos, já que a competição não é dividida por regiões.

Rafael Vergueiro, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2011 | 00h00

Por isso, Bernardinho não abre mão do planejamento para que os jogadores cheguem inteiros na fase final. "A Liga Mundial é longa e desgastante. Precisamos refletir bastante sobre a utilização dos atletas no início."

Apesar do desgaste, a Liga Mundial é rentável para as delegações. Segundo o gerente da unidade de seleções da CBV, Antonio Vizola, todos recebem prêmios por vitória e por derrota.

A competição também é um bom negócio para as confederações nacionais. A Federação Internacional de Vôlei banca todos os custos com passagens aéreas e hospedagens.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.