Sem campo, Prudente treina em praça pública

Em Presidente Prudente, às 19h30, o Guarani quer aproveitar a crise do rival para se consolidar na parte de cima da classificação. Já os donos da casa vivem momento delicado. Dois dias após o pedido de demissão do técnico Marcelo Rospide, que perdeu cinco jogos seguidos, o time nem sequer tinha um campo para treinar ontem. Teve de usar o Parque do Povo, uma das praças públicas mais famosas e frequentadas de Prudente. No local, existe um campo de grama sintética. É que até agora o time não tem Centro de Treinamento. Por causa do jogo, o Prudentão foi preservado, já que o gramado está encharcado pela chuva.

, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2010 | 00h00

O time será comandado interinamente pelo técnico Márcio Barros. E ele já terá problemas. O lateral Paulo César, o meia Róbson e o atacante Henrique Dias rescindiram seus contratos.

Pela reação. O técnico Cuca preferiu manter a incógnita sobre o Cruzeiro que entra em campo, às 19h30, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG), contra o Atlético-GO, para tentar se recuperar da goleada de por 4 a 1 contra o Santos.

Apesar de Cuca tentar manter o mistério, é certo que poderá contar com reforços que, no início da semana, eram dúvida. Um deles é o volante Fabrício, que sentiu cansaço muscular contra o Santos. O mesmo ocorre com o volante Henrique, que não atuou contra o Santos porque estava suspenso. Já o zagueiro Leo segue fora do time.

No Atlético-GO, maior desfalque é o meia Elias, vice-artilheiro do Brasileiro (10 gols), com lesão na coxa direita.

Jogo de desesperados. Dono da pior campanha como visitante no Brasileiro, o Atlético-MG encara o Ceará, às 22 horas, no Castelão. É a segunda partida de Dorival Júnior no comando do time. O treinador, que substituiu Vanderlei Luxemburgo, estreou 24 horas após assinar contrato.

O time terá novamente Renan Ribeiro no gol, em substituição ao ex-titular Fábio Costa, e Diego Souza na armação. No ataque, Diego Tardelli, com estiramento muscular na coxa está fora. Daniel Carvalho forma o ataque com Obina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.