Sem Cielo, revezamento 4x100m medley vai à final

O Brasil garantiu presença na final do revezamento 4x100 metros medley no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta, realizado em Dubai, mesmo sem a presença de César Cielo nas eliminatórias. Na manhã deste domingo, o quarteto do país registrou o tempo de 3min28s60, avançou em sétimo lugar e quebrou o recorde sul-americano, que vigorava desde 2008.

AE, Agência Estado

19 de dezembro de 2010 | 09h50

Nesta manhã, Guilherme Guido, Henrique Barbosa, Glauber Silva e Nicolas Oliveira formaram o quarteto brasileiro. A escalação será modificada para a final, que será realizada na tarde deste domingo. O País será representado por Guilherme Guido, Felipe França Silva, Kaio Márcio Almeida e Cesar Cielo. A Rússia terminou as eliminatórias em primeiro lugar.

Recordista mundial dos 200 metros borboleta, Kaio Márcio se classificou para a final da prova em quarto lugar, com 1min53s26. O nadador brasileiro foi mais lento que o húngaro Lazlo Cseh (1min52s81), o sul-africano Chad Clos (1min52s91) e o chinês Peng Wu (1m53s25). Leonardo de Deus não conseguiu vaga na final ao ficar com o 15º tempo (1m54s43).

A norte-americana Rebecca Soni quebrou o recorde do campeonato nos 200 metros peito, com o tempo de 2min18s66, durante as eliminatórias. O recorde anterior era da sul-africana Suzaaan Van Biljon (2min18s73), obtido em 2008. Tatiane Sakemi foi desclassificada da prova e não obteve vaga na final, assim como Fabio Santi, nos 200 metros costas, Tatiana Lemos Barbosa, nos 200 metros livre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.