Sem dores, Fabiana Murer projeta reação em Estocolmo

Depois de decepcionar na Ucrânia e ficar de fora de uma competição na Polônia, a brasileira Fabiana Murer espera se reerguer no final desta temporada indoor nesta terça-feira, em Estocolmo. A atleta do salto com vara está recuperada de dores no glúteo e aposta em uma boa apresentação na Suécia.

AE, Agência Estado

21 de fevereiro de 2011 | 17h39

"Na última sexta-feira, fiz um treino de salto, ainda em Malmo (cidade sueca onde estava treinando) e, praticamente, não senti dor para saltar", garantiu Fabiana, que sofreu uma lesão no glúteo em Stuttgart, no início do mês. A saltadora caiu sobre o sarrafo, deitado no colchão, durante a disputa na Alemanha.

A queda prejudicou seus resultados em Donetsk, no dia 12, e a tirou da competição em Bydgoszcz, na Polônia, no dia 16. "Infelizmente, acabei me machucando e não consegui uma sequência boa de competições para buscar melhores resultados. Mas estou animada para esta última competição da temporada indoor", declarou a saltadora.

Nesta terça, Fabiana não terá a concorrência da russa Yelena Isinbayeva, bicampeã olímpica e recordista mundial. Sua principal rival será outra russa, Svetlana Feofanova. "A russa Svetlana Feofanova vai estar na prova e a alemã que saltou muito bem no final do ano passado, Liza Rizih, também", apontou Fabiana.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoFabiana MurerEstocolmo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.