Sem Emanuel, Ricardo retoma parceria vice-campeã mundial com Álvaro Filho

Dupla jogou junta pela primeira vez em 2013

Estadão Conteúdo

14 de março de 2016 | 18h00

Começa nesta terça-feira, em Vitória, no Espírito Santo, a terceira etapa seguida do Circuito Mundial de Vôlei de Praia no País. E a novidade é ausência de Emanuel, de 42 anos, agora um ex-jogador. O veterano, considerado o maior de todos os tempos na modalidade, se aposentou ao fim do Grand Slam do Rio, na semana passada.

Com o fim da parceria com Emanuel, Ricardo se inscreveu para jogar o Open de Vitória ao lado de um velho conhecido: Álvaro Filho. Os dois são paraibanos e, em 2013, ganharam a medalha de prata no Mundial de Vôlei de Praia. A parceira, entretanto, durou apenas a temporada 2013 e o primeiro semestre de 2014, sendo encerrada quando Emanuel convidou Ricardo a reeditar a dupla campeã olímpica de 2004.

Após uma experiência frustrada com Pedro Solberg, Alvinho, de 25 anos, MVP do Mundial de 2013, passou a jogar com Vitor Felipe, que também é paraibano e foi seu companheiro em dois vice-campeonatos mundiais juniores, em 2009 e 2010. O time, entretanto, não teve o sucesso esperado e ocupa apenas o 28.º lugar do ranking olímpico.

Como tanto Ricardo quanto Álvaro Filho têm boa pontuação no ranking individual, a dupla estreia já na chave principal em Vitória, a partir de quarta-feira. Outros quatro times brasileiros começam no qualifying: Guto/Saymon, André/Oscar, Bruno/Hevaldo e Márcio Araújo/Luciano. Alison/Bruno Schmidt joga já na chave de grupos, assim como Léo Gomes/Bernat, dupla convidada pelos organizadores. Evandro e Pedro Solberg descansam.

No feminino, Agatha e Bárbara Seixas também optaram por não jogar em Vitória. A outra dupla olímpica do Brasil - Larissa/Talita - está inscrita, assim como Maria Elisa/Lili, Juliana/Taiana e Rebecca/Neide. Essas últimas, como convidadas. No quali estão Duda/Elize Maia, Angela/Rachel e Josi/Val.

Tudo o que sabemos sobre:
Vôlei de Praia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.