Silvia Izquierdo/Reuters
Silvia Izquierdo/Reuters

Sem fratura, Gabriel sofre lesão ligamentar no tornozelo em goleada do Flamengo

Atacante voltou ao time na partida contra o Del Valle, mas deverá ser desfalque nos próximos dias

Redação, Estadão Conteúdo

01 de outubro de 2020 | 09h28

O atacante Gabriel foi a baixa do Flamengo na vitória por 4 a 0 sobre o Independiente del Valle, no Maracanã, na noite de quarta-feira, resultado que classificou o time às oitavas de final da Copa Libertadores. Submetido a exames, Gabigol sofreu uma lesão nos ligamentos do tornozelo direito.

Havia, porém, a preocupação de que a contusão do atacante fosse mais grave. Até por isso, logo após ser substituído, ainda no primeiro tempo da goleada, foi levado do Maracanã a um hospital, em busca de um diagnóstico sobre a sua lesão.

Gabriel, aliás, havia retornado ao Flamengo após ficar fora das duas partidas anteriores por causa de um problema na coxa. "Após sentir dores no tornozelo direito, o atleta Gabriel Barbosa realizou exame, que descartou fratura e constatou uma lesão ligamentar no local", explicou o Flamengo em publicação no seu perfil no Twitter.

A contusão aconteceu após uma disputa normal, com o atacante pisando em falso. Na saída do campo, Gabigol exibiu insatisfação com a condição do gramado do Maracanã, que foi trocado recentemente, mas não aparenta estar bom. E antes de se lesionar, havia dado o passe para o gol marcado por Pedro, o segundo da vitória por 4 a 0.

Com 12 pontos somados em cinco jogos, o Flamengo é o líder do Grupo A da Libertadores e está garantido nas oitavas de final. O próximo compromisso do time será pelo Campeonato Brasileiro, domingo, diante do Athletico Paranaense, no Maracanã, pela 13ª rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoGabigol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.