Sem João Filipe, defesa volta a preocupar

Como é emprestado pelo Botafogo, zagueiro desfalca time amanhã, no Rio, e Xandão é favorito para ficar com a vaga

PAULO GALDIERI, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2011 | 03h04

A zaga do São Paulo já passou por grandes sufocos neste Campeonato Brasileiro. Só depois da chegada de João Filipe, que entrou na fogueira e ganhou a posição de titular, é que o setor se acertou. Pois, para uma partida crucial como a de amanhã, é justamente o zagueiro um dos desfalques do time.

O defensor foi tirado da partida do Botafogo por força de contrato. No acordo de empréstimo do time carioca com o São Paulo - válido até o final do ano -há uma cláusula que impede a utilização de João Filipe nas partidas entre os dois times.

O São Paulo até poderia evitar ter de cumprir tal cláusula. Para isso, bastava registrar o contrato que já tem acertado com João Filipe, este definitivo, com validade por cinco anos.

Mas a diretoria achou melhor não arriscar e cumprir o acordo de empréstimo até o final -o departamento jurídico indicou que poderia haver uma interpretação de que o jogador tenha passado por duas transferências na mesma temporada, o que fere norma da Fifa.

Sem João Filipe, Xandão ganha nova oportunidade. O técnico Adilson Batista, como de costume, não quis confirmar nenhuma alteração na equipe. Mas o treino que comandou ontem deixou o indício de que é mesmo Xandão, e não Luiz Eduardo, o escolhido para substituir João Filipe contra o Botafogo.

Adilson ficou com os jogadores que formam o sistema defensivo (laterais, zagueiros e volantes) e insistiu bastante nas repetições de cruzamento para a área. Piris e Jean foram para o lado direito do campo e ficaram levantando bolas na área, onde Xandão, Rhodolfo, mais Carlinhos Paraíba e Denilson, estavam posicionados. No rebote ficaram Wellington e Juan.

A grande preocupação é justamente a bola aérea, já que o time carioca é forte nisso.

SÃO PAULO. DENILSON DEVE FICAR COM A VAGA DE CASEMIRO NO MEIO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.