Damien Poullenot/ WSL
Damien Poullenot/ WSL

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Sem ondas em Saquarema, quartas de final da etapa do Rio são adiadas

Quatro brasileiros estarão na disputa nesta sexta, de olho no título da etapa e também na liderança da temporada

Estadão Conteúdo

17 Maio 2018 | 17h50

Sem ondas em Saquarema, os surfistas não caíram no mar na etapa do Rio de Janeiro do Circuito Mundial, nesta quinta-feira. Assim, a fase de quartas de final foi adiada para esta sexta, quando quatro brasileiros estarão na disputa, de olho no título da etapa e também na liderança da temporada.

Medina e Filipinho vão às quartas de final em etapa do Rio de Janeiro

"O swell (ondulação) decaiu bem mais do que a gente esperava, está praticamente sem ondas agora e com vento maral", disse Renato Hickel, um dos dirigentes da World Surf League, que organiza o Circuito Mundial. A competição será retomada às 6h45 desta sexta, na praia da Barrinha, onde predominam as direitas - o palco principal da disputa é a praia de Itaúna.

"A previsão para amanhã [sexta-feira] está bem parecida com a do último dia que a gente fez o campeonato na Barrinha. Então já marcamos a chamada para ser feita lá as 6h45 com grandes esperanças de ter um swell com boas ondas para terminar o evento lá nesta sexta-feira", disse Hickel.

Dominada por brasileiro, a fase de quartas de final terá quatro representantes da casa: Gabriel Medina, Filipe Toledo, Michael Rodrigues e Yago Dora. Os dois primeiros têm chance de alcançar o topo do ranking da temporada. O australiano Julian Wilson é o principal rival da dupla por ocupar atualmente a ponta, ao lado de Italo Ferreira, já eliminado no Rio.

Pela ordem das baterias, Filipinho será o primeiro a cair na água nesta sexta. Ele vai enfrentar o norte-americano Kolohe Andino. Na sequência, Michael Rodrigues duelará com Julian Wilson. Medina terá pela frente o australiano Wade Carmichael, enquanto Yago Dora vai encarar o havaiano Ezekiel Lau.

Mais conteúdo sobre:
Circuito Mundial de Surfe

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.