Sem principais nomes, Brasil terá dez judocas em Zagreb

Grand Prix realizado na Croácia não terá lutadores brasileiros medalhistas do mundial. Mesmo assim, equipe mostra confiança

Estadão Conteúdo

10 Setembro 2014 | 11h24

Após a participação no Mundial de Judô em Chelyabinsk, na Rússia, os lutadores brasileiros voltam ao circuito mundial no próximo fim de semana, com a participação do Grand Prix de Zagreb. A delegação que embarcou para a Croácia, no entanto, está longe de ser a força máxima do judô do País.

Em Zagreb, Rochele Nunes (+78kg) será a única representante do Brasil que esteve presente nas disputas individuais do Mundial na Rússia - foi eliminada logo na sua luta de estreia. Assim, nenhum dos medalhistas brasileiros em Chelyabinsk - Mayra Aguiar, Maria Suelen Altheman, Rafael Silva e Erika Miranda - vai competir na Croácia.

Os outros nove representantes do País no Grand Prix de Zagreb serão Nathália Brígida (48kg), Raquel Silva (52kg), Katherine Campos (63kg), Nádia Merli (70kg), Maria Portela (70kg), Diego Santos (60kg), Marcelo Contini (73g), Hugo Pessanha (100kg) e Rafael Buzacarini (100kg).

Mesmo assim, a expectativa dos judocas brasileiros é de bons resultados para melhorarem suas posições no ranking mundial. "Minha expectativa é conseguir competir bem para ganhar e melhorar meus pontos no ranqueamento olímpico", disse Maria Portela, que chegou na quarta-feira da semana passada da Rússia onde disputou o Mundial Por Equipes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.