Semana de Vela deverá bater recorde

O Yacht Club de Ilhabela vai quebrar um novo recorde. Os organizadores da 29ª Semana de Vela, de 20 a 27 de julho, esperam 150 veleiros e 900 tripulantes na competição. A regata Eldorado Alcatrazes por Boreste, de longo percurso, abrirá a disputa no dia 20. "Barcos novos e maiores (de 40 a 50 pés), além de tripulações mais experientes, vão garantir um nível alto para as regatas", assegura José Manoel Nolasco, diretor de vela do Yacht Club, que já recebeu mais de 80 inscrições, inclusive de três barcos argentinos e cinco do Grêmio de Vela da Escola Naval.A maioria dos inscritos pertence à classe ORC, para regatas do tipo cruzeiro, mas a organização confirma que a Semana de Vela contará com, pelo menos, 40 veleiros da IMS, a Fórmula 1 dos mares. Os restantes estarão divididos entre a RGS, Bico de Proa e Multicasco. Na ORC haverá classificação separada para veleiros de até 31 pés e acima de 31 pés e na RGS, Bico de Proa e Multicasco, classificações para barcos até 30 pés e acima de 30 pés."O objetivo é motivar mais os participantes e criar mais disputas dentro de todas as categorias"diz Nolasco.O tiro de largada para a Eldorado Alcatrazes por Boreste será dado pela fragata União, da Marinha do Brasil, que colabora com a Semana de Vela. Os barcos das classes IMS e ORC largarão às l0h30 os demais às l0h40. As embarcações menores percorrerão um trajeto mais curto, até a Ilha de Toque-Toque. O recorde oficial da prova pertence ao barco "ESPN", do velejador Marcos Ferrari, que completou a prova do ano passado no tempo de 9h34min53s. O percurso é de 50 milhas náuticas (cerca de 90 quilômetros). Os prêmios oferecidos pela Marinha do Brasil e Rádio Eldorado serão entregues no domingo à noite. "A previsão para este mês é de bons ventos. Portanto esta marca poderá ser superada", diz Nolasco.Entre os dias 24 e 27, os participantes disputarão as quatro últimas regatas, uma de percurso médio( tipo barla sota) e três de percurso curto. O programa da Semana de Vela de Ilhabela inclui ainda provas tipo Grand Prix, sem correção de tempo, nos dias 22 e 23 que servirão de aquecimento para as provas oficiais.O novo comodoro do Yacht Club de Ilhabela, Arthur Mendes, destaca o envolvimento da cidade com a competição: "A Semana de Vela é um dos pontos altos do calendário turístico da cidade. Teremos mais de 1000 pessoas envolvidas com as provas e isso gera um bom lucro. É um tipo de turismo qualificado que só traz vantagens para a região". Arthur Mendes destaca ainda a importância de grandes patrocinadores na regata. Este ano os patrocinadores serão a Mitsubishi Motors do Brasil, Semp Toshiba e HSBC."Nós temos a experiência dos anos anteriores mas com o crescimento dos participantes, o trabalho aumenta. É preciso adequar o clube, que tem cerca de 300 sócios, para receber todos os velejadores. Mas acho que estamos bem preparados", explica Arthur Mendes.A Rádio Eldorado, emissora oficial da Semana de Vela, além de ser a promotora da regata Eldorado Alcatrazes por Boreste, também será responsável pela organização de uma exposição de fotos da III Regata Eldorado-Brasilis, disputada em janeiro deste ano, entre Vitória e Ilha de Trindade. A exposição marcará a abertura oficial de inscrições para a IV Eldorado-Brasilis, em janeiro do próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.