Sertão é impedido de lutar e perde revanche pelo título

O peso pena Valdemir "Sertão" Pereira foi impedido de lutar nesta sexta-feira, em Salem, nos Estados Unidos, diante do americano Eric Aiken. Segundo a comissão médica, os exames apresentados pelo lutador brasileiro não foram considerados suficientes pela organização. A luta seria eliminatória para o título da FIB.A luta, porém, está confirmada com o substituto Cruz Carvajal, mexicano. A luta contra Aiken seria uma revanche para Sertão, que perdeu o título mundial dos penas justamente para o norte-americano, em maio de 2006. Mas, dessa vez, o combate entre os dois seria eliminatório para definir o desafiante do atual campeão, o também norte-americano Roberto Guerrero.Com isso, a carreira de Sertão dificilmente terá a mesma boa seqüência. Aos 32 anos, ele tem 25 lutas no currículo profissional, com 24 vitórias (15 por nocaute) e apenas 1 derrota. Para poder disputar a luta, Sertão brigou com sua comissão técnica, que ficou no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.