Shevchenko tem oferta para dirigir a seleção

O ex-atacante Andriy Schevchenko foi convidado para assumir o cargo de treinador da seleção ucraniana. A proposta foi feita por Anatoliy Konkov, presidente da federação do país. "Ele jogou em grandes clubes e trabalhou com técnicos como Valeriy Lobanovski, Carlo Ancelotti e José Mourinho. Acho que tem muito a passar aos nossos jogadores", disse Konkov.

O Estado de S.Paulo

13 de novembro de 2012 | 02h07

Shevchenko, que tem 36 anos, encerrou a carreira em julho depois de defender a Ucrânia na Eurocopa. Ele jogou no Dínamo de Kiev, no Milan (0nde viveu sua melhor fase) e no Chelsea.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.