Leandro Bastos
Leandro Bastos

Silvana Lima retorna ao Circuito Mundial de Surfe e Brasil terá 13 atletas em Bali

Em seu retorno, cearense vai enfrentar logo na primeira bateria da disputa Caroline Marks, líder do ranking mundial

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2019 | 14h40

A terceira etapa do Circuito Mundial de Surfe começa neste domingo com chamada prevista para 19h30 (horário de Brasília), já segunda feira na Indonésia. A disputa do Corona Bali Protected reunirá 11 brasileiros no masculino e duas atletas nacionais no feminino, com o retorno de Silvana Lima após se recuperar de lesão.

"As expectativas são as melhores possíveis, mas não com tanta pressão por voltar. Tenho consciência de que preciso pegar ritmo de competição novamente e vou dar meu melhor. Estou feliz por estar de volta, confiante e quero fazer um bom resultado, que será muito importante se vier já nessa etapa", afirmou a atleta ao Estado.

Silvana não competiu em Gold Coast e Bells Beach, ambas na Austrália. Nas duas etapas, o Brasil teve apenas Tatiana Weston-Webb no feminino. Em seu retorno, a cearense vai enfrentar logo na primeira bateria da disputa Caroline Marks, líder do ranking mundial, e Coco Ho. "Tive de perder duas etapas porque não estava 100%. Se não estivesse bem não voltaria, pois o nível de surfe é muito alto hoje em dia. Espero que dê tudo certo", explicou.

Para os Jogos Olímpicos de Tóquio, oito atletas serão definidas pelo ranking mundial ao final do ano, com o limite de duas surfistas por país. Com isso, quatro vagas ficarão entre cinco atletas: Silvana e Tati, do Brasil, Johanne Defay (França), Brisa Hennessy (Costa Rica) e Paige Hareb (Nova Zelândia). Silvana ficou fora de duas etapas e agora precisa pontuar bem nas outras oito competições da temporada.

"As duas etapas que perdi serão meus descartes, então agora não posso mais ter resultado ruim. É cedo para pensar na Olimpíada, mas é um sonho de qualquer surfista estar lá. Vou trabalhar por isso e espero que dê tudo certo. Se for por força de vontade da guerreira aqui, estarei lá", avisou Silvana, ciente de que sua margem de erro ficou pequena.

No masculino, a liderança do ranking mundial está nas mãos do havaiano John John Florence, que vestirá a lycra amarela do primeiro colocado. Vão competir em Bali Italo Ferreira, Filipe Toledo, Gabriel Medina, Willian Cardoso, Yago Dora, Peterson Crisanto, Deivid Silva, Michael Rodrigues, Jesse Mendes, Jadson André e Caio Ibelli. Adriano de Souza, o Mineirinho, ainda se recupera de lesão no joelho.

Após o segundo lugar em Bells, na etapa passada, Filipe Toledo já partiu para a Indonésia e aproveitou para treinar. "Fiquei treinando uma onda bem parecida com Keramas, então isso vai me trazer bastante confiança e vai me deixar bem à vontade na hora da bateria também. Acho que é bom poder sair um pouco dessa pressão de campeonato, dar uma relaxada, mas ao mesmo tempo estar treinando o tempo todo", afirmou o surfista, que está em quarto lugar no Circuito Mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.