Imagem Ugo Giorgetti
Colunista
Ugo Giorgetti
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Simples perguntas

O resultado da derrota do Palmeiras para o Mirassol tem repercutido grandemente entre jornalistas e torcedores. Eu não ia falar sobre isso porque, confesso, o Palmeiras já me cansou. Mas recebi um interessante e-mail de um torcedor. Agradeço e reproduzo sem mudar nada, porque é elegante e inteligente.

UGO GIORGETTI, O Estado de S.Paulo

31 de março de 2013 | 02h04

"Prezado jornalista: Sou torcedor do Palmeiras há muitos e muitos anos e tenho uma pergunta a fazer a todos os diretores de hoje e de ontem que passaram por lá: por que o Palmeiras não tem dinheiro? Por que o Palmeiras é o único clube grande falido no futebol brasileiro? Todos os outros clubes estão sempre à beira da falência, mas só o Palmeiras quebrou.

Todos os clubes brasileiros são acusados de estar passando por grandes dificuldades financeiras, todos, no entanto, sempre acabam dando um jeito e reforçam suas equipes, menos o Palmeiras. Só como exemplo: como é que clubes como o Botafogo, conhecido pelos seus problemas financeiros, traz jogadores como Seedorf, Renato, arrenda até estádio, e o Vasco, mesmo tendo problemas até com a justiça, contrata um treinador como Paulo Autuori?

Como o dinheiro acaba aparecendo para outros clubes e não para o Palmeiras? É isso que tem de ser explicado ao torcedor. Não é que não tem, isso todo mundo sabe. É por que não tem. Quem, ou quantos, levaram o Palmeiras a uma falência vergonhosa até para o futebol brasileiro? O que fizeram os dirigentes, todos, nos últimos 15 anos, depois que a Parmalat saiu?

Perguntas como essas não são feitas pelas torcidas organizadas nem pela imprensa. E ficam sempre as mesmas atitudes. Torcida agride jogador, que não tem culpa, exige cabeça de técnico, que também não tem culpa. Mas ouve calada quando diretores dizem: "Infelizmente não tem dinheiro. Não temos condições financeiras, estamos em situação difícil." Mas nunca explicam como chegaram lá, quem colocou o clube nessas condições, onde está ou foi aplicado o dinheiro que o Palmeiras recebe em cada competição.

Leio que o Palmeiras recebe só abaixo de Corinthians, Flamengo e São Paulo. Tenho certeza de que recebe acima de todos os outros. E onde é aplicado, que mancadas, erros, ou coisa pior, foram feitos com tanto dinheiro? Se ninguém explicar isso, vamos ficar pichando muros, xingando jogadores e os dirigentes calmamente vão continuar declarando: não há dinheiro. Como se o Palmeiras, coitado, fosse pobre e não recebesse como só um clube enorme recebe de todas as fontes possíveis.

Sei que dirigentes são uma corporação fechada e que é difícil alguém entregar ou denunciar colegas nessas associações. Mas a coisa está ficando insuportável: ou a imprensa informa errado, e o Palmeiras é um pobre clube pequeno, e os dirigentes não têm culpa de nada, ou é preciso instaurar urgentemente uma Comissão da Verdade no clube. Obrigado pela atenção, sou fã de suas colunas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.