Sindicato inicia greve em hotéis que receberão seleções

Sindicato pede reajuste de 10% nos salários e elevação no piso da categoria

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

17 de junho de 2013 | 13h21

SALVADOR - O Sindicato dos Empregados em Comércio Hoteleiro e Similares da Cidade do Salvador (Sindhotéis) decidiu iniciar uma greve na manhã desta segunda-feira para reivindicar aumento de salários. Segundo o sindicato, a paralisação atinge três hotéis da capital baiana, dos quais dois - Gran Hotel Stella Maris e Catussaba Resort - vão hospedar seleções que estão disputando a Copa das Confederações.

A paralisação atinge, além deles, o Catussaba Business. A situação é mais tensa no Catussaba Resort, que deve receber a seleção uruguaia nesta noite - a equipe enfrenta a Nigéria na quinta-feira.

Representantes do sindicato fazem protesto na frente dos estabelecimentos, mas as direções dos hotéis negam que a paralisação esteja atrapalhando os serviços. Segundo o Gran Hotel Stella Maris, que vai hospedar a seleção brasileira, 95% dos colaboradores estão trabalhando normalmente. Nos hotéis Catussaba, a informação é que não houve adesão dos funcionários ao movimento.

Entre outras reivindicações, o sindicato pede reajuste de 10% nos salários e elevação no piso da categoria de R$ 680 para R$ 720 - e para R$ 790 no caso de funcionários de hotéis cinco-estrelas. Os empresários oferecem aumento de 6,2% nos vencimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.