Sky sai do Pinheiros e se une à Cimed

Com rompimento do patrocinador, Giba e Gustavo estão de malas prontas para Florianópolis

AMANDA ROMANELLI, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2011 | 00h00

Em junho de 2009, uma boa notícia tomou conta do vôlei brasileiro: quatro vice-campeões olímpicos - Giba, Gustavo, Rodrigão e Marcelinho - iriam disputar a Superliga pelo Pinheiros, graças a patrocínio milionário com a Sky, válido por três temporadas. Menos de dois anos se passaram e a equipe pouco produziu. Sem nenhum título e após as demissões de Rodrigão e Marcelinho, a Sky anunciou ontem que será, a partir de agora, parceira da Cimed, tetracampeã da Superliga. Assim, Giba e Gustavo estão de malas prontas para Florianópolis.

O Estado tentou ouvir a Sky sobre o rompimento do contrato, mas não obteve resposta. O presidente do Pinheiros, Antônio Moreno Neto, afirmou que houve um "redirecionamento" por parte do ex-patrocinador e que a cisão foi amigável. Ressaltou, também, que a empresa manterá o apoio à equipe masculina de basquete.

Moreno Neto não negou, contudo, que a falta de conquistas pode ter influenciado o término da parceria. "É algo difícil de se avaliar, mas é fato que o patrocinador trabalha com resultados." O Pinheiros manteve comissão técnica e jogadores.

Além do novo parceiro, a Cimed garantiu a permanência de Bruninho, pretendido pelo RJX, time que vai ser bancado pelo empresário Eike Batista.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiPinheirosCimedSkypatrocínio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.