Daniel Leal-Olivas/AFP
Daniel Leal-Olivas/AFP

Soares e Murray vacilam no fim e caem nas quartas de final em Wimbledon

Brasileiro e escocês perderam em cinco sets para Raven Klaasen e Michael Venus

Estadão Conteúdo

10 Julho 2018 | 18h18

O brasileiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray lutaram bastante nesta terça-feira, mas vacilaram no quinto set e acabaram sendo eliminados nas quartas de final de Wimbledon. Eles foram superados pelo experiente sul-africano Raven Klaasen e pelo neozelandês Michael Venus pelo placar de 3 sets a 2, com parciais de 6/7 (5/7), 7/6 (7/5), 5/7, 7/6 (7/4) e 6/4, numa batalha muito equilibrada, com duração de 4h15min.

+ Serena vira sobre italiana e pegará Goerges na semifinal

+ Del Potro bate francês e enfrentará Nadal nas quartas

Foi a quinta vez que Soares foi eliminado nas quartas de final na grama londrina. Dono de títulos no Aberto da Austrália e no US Open, ele nunca passou desta fase em Wimbledon - Murray foi vice-campeão em 2015, na época jogando com o australiano John Peers.

Formando a dupla cabeça de chave número 5 em Londres, Soares e Murray tiveram boa oportunidade para superar essa barreira nesta terça, mas pararam nos próprios erros no set final, disputado com o teto fechado.

Contra a parceria cabeça de chave número 13, brasileiro e escocês fizeram um grande duelo, equilibrado nos quatro primeiros sets. Não por acaso foram três tie-breaks no confronto. As duplas obtiveram o mesmo número de quebras de saque: três para cada lado. Os vencedores levaram vantagem nas bolas vencedoras: 29 contra 19. E cometeram apenas cinco erros não forçados, diante de sete da dupla do brasileiro.

Os dois primeiros sets foram marcados pelo equilíbrio. As primeiras quebras de saque só vieram na segunda parcial, também decidida no tie-break. O terceiro foi a primeira parcial decidida com vantagem de quebras por Soares e Murray. Embalados, eles começaram melhor o quarto set e tiveram oportunidades para fechar o jogo ante do tie-break. Diante da chance perdida, foram superados na disputa dos pontos decisivos.

Soares e Murray, então, caíram de rendimento no início do quinto set. Com o teto retrátil fechado, Klaasen e Venus logo quebraram o serviço da parceria do brasileiro e abriram vantagem. Mais confiantes, quase quebraram pela segunda vez na sequência. Mas Soares e Murray se defenderam bem.

Quando o duelo parecia decidido, brasileiro e britânico reagiram e devolveram a quebra no 5/4. Mas falharam na hora de confirmar o seu game de saque e empatar o duelo. Klaasen e Venus voltaram a obter uma quebra e fecharam o jogo, para o lamento da torcida britânica, que apoiava o compatriota Jamie Murray.

Na semifinal, sul-africano e neozelandês vão enfrentar o dinamarquês Frederik Nielsen e o britânico Joe Salisbury, que eliminaram o japonês Ben McLachlan e o alemão Jan-Lennard Struff pelo placar de 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (8/6), 4/6, 7/6 (7/2) e 7/6 (7/4).

JUVENIL

Gilbert Klier Jr. venceu mais uma na chave juvenil, nesta terça-feira, e já está nas oitavas de final. O tenista de 18 anos derrotou o usbeque Sergey Fomin, atual 58º do ranking, pelo placar de 2 sets a 0 com parciais de 6/2 e 6/4. Foi a segunda vitória do 39ª do mundo na grama londrina. Na estreia, ele havia batido o argentino Sebastian Baez, atual número dois do mundo no ranking da Federação Internacional de Tênis (ITF).

"Estava jogando bem, com a bola funda e daí a bola sobrava mais curta e ajudava a poder aplicar os winners", comentou o jovem brasileiro. "Para mim, essa questão do ranking não influencia, minha preparação é da mesma forma e vou fazer as mesmas coisas que fiz nos dois primeiros jogos", projetou.

Em busca da vaga nas quartas de final, Klier Jr. vai enfrentar o belga Arnauld Bovy, 33º do mundo. O Brasil tinha outros dois representantes na chave juvenil, mas João Lucas Reis e Mateus Alves foram eliminados ainda na rodada de abertura.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.