Sob chuva, Fábio sobe mais que todos

No salto com vara, atleta de Campinas crava 5,40 m e supera mexicano

O Estadao de S.Paulo

07 de julho de 2029 | 00h00

Mais do que os adversários, o brasileiro Fábio Gomes precisou derrotar a chuva para ser medalha de ouro no salto com vara masculino. Por causa do aguaceiro, o primeiro título do País na modalidade veio com 5,40 metros - que, se não foi tecnicamente tão bom, pode ser considerado uma proeza diante das condições - muitos atletas sequer conseguiram saltar."Quando acordei e vi a chuva, pensei: estou ferrado", disse Fábio, atual recordista sul-americano, com a marca de 5,77m. O ouro só veio em sua última tentativa. Disputava a medalha com o mexicano Giovanni Lanaro, atleta com a melhor marca do ano entre os 11 competidores: 5,82 m. "Infelizmente, a chuva atrapalhou e deixou tudo no mesmo nível", lamentou Lanaro, ao qual restou a prata, com 5,30 m, mesma marca alcançada pelo argentino Germán Chiaraviglio, medalha de bronze. Campeão mundial júnior em 2006, o argentino fez críticas à organização do Pan. "Essa disputa não pode ficar para o último dia. Não há como competir debaixo de chuva. O nível da prova fica ruim e é perigoso para os atletas", reclamou. "No Mundial de Helsinque (em 2005), adiaram a prova várias vezes, por causa da chuva", diz ele. "E no último dia abriu o sol e Yelena Isinbayeva saltou 5,01m, o recorde mundial das mulheres." Para Fábio, que divide com Fabiana Murer o mesmo treinador, Elson Miranda, a expectativa de quebra do recorde sul-americano (5,77 m) teve que ficar para depois. Campineiro, com 23 anos, Fábio disse ter tido muita dificuldade para controlar a vara. "Mas acho que essa foi a prova em que eu mais me sobressaí depois do Sul-Americano, em maio." BRONZE NO DARDOO amazonense Alexon Maximiano conquistou a última medalha brasileira no Estádio João Havelange: o bronze no lançamento de dardo, com 75,04 metros. Foi a segunda medalha brasileira da modalidade em Pan-Americanos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.