Sob chuva, Pedrosa vence no Japão e Rossi aumenta vantagem na liderança

O espanhol Dani Pedrosa surpreendeu na pista molhada do Circuito de Motegi e venceu neste domingo a etapa do Japão da MotoGP. O piloto da Honda deixou para trás o italiano Valentino Rossi, que aumentou sua vantagem na liderança do campeonato ao cruzar a linha de chegada à frente de outro espanhol, Jorge Lorenzo, que completou o pódio.

Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2015 | 10h52

Com a segunda colocação, Rossi ampliou para 18 pontos a diferença para Lorenzo, seu companheiro na Yamaha. O italiano soma 283 pontos, contra 265 do rival espanhol. Marc Márquez, atual campeão, segue distante da briga, com 197 pontos.

Para buscar sua primeira vitória na temporada, Pedrosa contou com a ajuda da chuva para desbancar os rivais. Ele largou em sexto lugar e, a partir da metade da prova, passou a exibir forte rendimento na pista molhada e também no traçado mais seco, nas voltas finais da corrida.

Pouco a pouco, galgou posições até alcançar Rossi, então segundo colocado. Em seguida, buscou o líder Lorenzo, que largara na pole position e não chegou a ser ameaçado pelo italiano durante a maior parte da prova.

Depois de assumir a ponta, Pedrosa abriu caminho para Rossi iniciar a disputa com Lorenzo. E aí um erro do espanhol acabou se tornando crucial para a definição do pódio. Rossi aproveitou a chance e retomou a segunda colocação, sustentando o lugar até a bandeirada, 8s573 atrás do vencedor da prova.

Márquez, da Honda, terminou a corrida em quarto lugar, à frente do italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, e do britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda. Bradley Smith, britânico da Yamaha Tech 3, completou a prova em sétimo lugar. O japonês Katsuyuki Nakasuga, da Yamaha, o espanhol Hector Barbera, da Avintia Racing, e o britânico Scott Redding, da Marc VDS Honda, completaram o Top 10.

Os pilotos da MotoGP voltam à disputa já no próximo fim de semana. No dia 18, eles vão competir em Phillip Island, na etapa da Austrália, a antepenúltima da temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.