Sob nova condição, Federer pega brasileiro nos EUA

Roger Federer, agora sem ofavoritismo costumeiro para a conquista do título do Aberto dosEUA, enfrenta na sexta-feira o brasileiro Thiago Alves pelasegunda rodada do Grand Slam, em mais um passo da sua tentativade buscar o quinto título seguido no torneio. O suíço, que chegou a Nova York como segundocabeça-de-chave, depois de perder a liderança do ranking paraRafael Nadal, corre o risco de terminar o ano sem nenhumtorneio do Grand Slam, o que não ocorre desde 2002. Mas, mesmo derrotado por Nadal nas finais de Roland Garrose Wimbledon, o suíço continua sendo tratado com respeito poradversários e torcedores. "A mudança que eu sinto é que os fãs estão realmente meapoiando e dizendo que ainda sou o número 1, o melhor, 'vocêvai estar lá de novo', essas coisas", disse Federer. "Então sinto que eu recebo um apoio inacreditável dos fãsque me assistem, é legal", completou. Novak Djokovic, terceiro cabeça-de-chave, adversário deFederer na final do ano passado, enfrenta o norte-americanoRobbie Kendrick na segunda rodada. Os ex-campeões Andy Roddick (oitavo cabeça-de-chave) eMarat Safin (15o) pegam respectivamente o adolescente letãoErnests Gulbis e o espanhol Tommy Robredo. No torneio feminino, Jelena Jankovic, segundacabeça-de-chave, uma das cinco candidatas a sair dos EUA comonúmero 1 do ranking, enfrenta a chinesa Zheng Jie pela terceirarodada. A campeã olímpica Elena Dementieva e a ex-campeã LindsayDavenport também jogam pela terceira rodada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.