''Soberano 2'' ganha direito de explorar incentivos fiscais

O São Paulo obteve ontem o direito de captar R$ 600 mil no mercado para a produção do documentário "Soberano 2". O filme foi incluído pela Secretaria da Cultura no programa cultural de incentivos fiscais do Estado.

Fábio Mazzitelli, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2011 | 00h00

O despacho do secretário Andrea Matarazzo foi publicado ontem no Diário Oficial a partir de um recurso administrativo interposto pela produtora G7 Cinema.

Em maio, o projeto havia sido reprovado pela Comissão de Análise de Projetos. A Secretaria lembrou que já foram aprovados via abatimento no ICMS (Imposto estadual sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) projetos de rivais do São Paulo, como o "Fiel" (do Corinthians), "Meninos da Vila, a Magia do Santos", além da primeira versão de Soberano.

Sob o título "Soberano 2, A Conquista do Mundial de 2005", o documentário retratará o tri mundial conquistado naquele ano, com previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.