Soderling ganha em Paris e estraga festa dos franceses

Sueco passa por dois tenistas da casa para ganhar seu 1º troféu de Masters e desbancar [br]Andy Murray no ranking

, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2010 | 00h00

A torcida francesa estava ansiosa por um título de um dos tenistas locais para coroar a fantástica temporada que o país vem tendo na modalidade. Mas o frio Robin Soderling acabou com qualquer possibilidade. O sueco atropelou Gael Monfils (14.º do mundo) na final do Masters de Paris um dia depois de já ter vencido de forma dramática outro queridinho da casa, Michel Llodra.

Com a vitória - 6/1 e 7/6 (7/1) -, Soderling ainda desbancou Andy Murray do quarto posto do ranking mundial e promete dar trabalho às estrelas Rafael Nadal e Roger Federer na Masters Cup de Londres, a partir do próximo domingo, torneio que reúne apenas os oito melhores tenistas da temporada.

"Acredito que agora estou em condições de vencer qualquer um", afirmou o sueco depois do seu primeiro título de Masters, o mais importante do jogador que chegou - e perdeu - às duas últimas decisões de Roland Garros. "Estava extremamente nervoso antes da partida, mal consegui dormir. Não tenho um retrospecto muito bom em finais (sete títulos em 17 oportunidades), especialmente aqui em Paris. Quando fiz o último ponto, me senti muito aliviado."

Monfils parecia desgastado depois da dramática vitória sobre Roger Federer após três tie-breakers na véspera. "Estou num processo de aprendizagem. Precisei de muita energia na véspera e não consegui encontrar aquela força extra para ser mais competitivo", justificou o francês, que perdeu pela segunda vez consecutiva na decisão em Paris. "Toda vez que chego a uma final como essa, alguma coisa dá errado. Hoje (ontem) foi a preparação dos pontos. Estava muito apressado."

O tenista de 24 anos buscava ser o quinto francês diferente a levantar um título de Masters, mas acaba esbarrando num retrospecto ainda pior que o sueco em finais: em 10 aparições na carreira, ganhou apenas três títulos.

No entanto, Monfils deve ser chamado por Guy Forget, capitão da equipe francesa da Copa Davis, para a final da competição por equipes, entre os dias 3 e 5, em Belgrado, diante dos sérvios. Llodra (34.º do mundo) também deve ser convocado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.