Sorteio da chave favorece Guga no Brasil Open

Na sua tão esperada volta ao circuito profissional, Gustavo Kuerten tem tudo para ter uma boa estréia no Brasil Open. Segundo o sorteio realizado nesta sábado, na sala da imprensa da Costa do Sauípe (BA), Guga terá pela frente na primeira rodada o gaúcho André Ghem, um tenista de 23 anos, na 311ª posição do ranking mundial e que entrou no torneio como wild card (convidado dos organizadores).Já Flávio Saretta, uma das esperanças da torcida brasileira, irá estrear contra um tenista que já foi campeão de Roland Garros, o espanhol Juan Carlos Ferrero. Eles se enfrentaram na última quinta-feira, pela segunda rodada do Torneio de Buenos Aires, quando o brasileiro acabou eliminado.Enquanto isso, Ricardo Mello joga contra Juan Antonio Marin, da Costa Rica, e Marcos Daniel, por incrível coincidência, enfrenta pela terceira semana seguida o chileno Nicolas Massu, depois de tê-lo pela frente nos torneios de Viña del Mar e Buenos Aires - o brasileiro levou a pior nos dois encontros.A frustração do Brasil Open ficou para a desistência de Carlos Moyá. O tenista espanhol, ex-número 1 do mundo e também campeão de Roland Garros, decidiu não disputar o torneio na Costa do Sauípe e nem apresentou um motivo justificável.Moyá era convidado no Brasil Open e mesmo tendo ido à final do Torneio de Buenos Aires ? portanto, não está machucado -, anunciou que não jogará na Costa do Sauípe. O representante da ATP, o brasileiro André Silva, disse que a entidade não tem o que fazer nestes casos, pois o wild card é um acordo entre os tenistas e os organizadores. A vaga de Moyá será preenchida pelo brasileiro André Sá, que ganhou o convite da organização do torneio e vai estrear contra um tenista saído do qualifying.A programação dos jogos só será definida na tarde deste domingo. Assim, ainda não se sabe quando Guga fará sua estréia. Por ser uma das grandes estrelas do Brasil Open e causando enorme expectativa por sua volta ao circuito - seu último torneio foi em setembro -, é provável que ele só jogue na terça-feira.Com as desistências de Carlos Moyá e do argentino Guillermo Coria (com uma contusão no braço), o cabeça-de-chave número 1 do Brasil Open ficou sendo o também argentino Gaston Gáudio, que fará sua estréia diante de um jogador do qualifying.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.