Sotomayor dá adeus ao atletismo

Dois anos após ser suspenso por resultado positivo em exame antidoping por uso de cocaína (nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, em 1999), o cubano Javier Sotomayor, um dos maiores atletas do salto em altura de todos os tempos, anunciou nesta sexta-feira que vai parar de competir. Aos 34 anos, Sotomayor reúne muitos títulos importantes, como o de campeão olímpico em Barcelona, em 1992, e o de bicampeão mundial em Stuttgart e Atenas, respectivamente em 1993 e 1997. Em 2000, depois de ver sua pena de suspensão reduzida, ganhou a medalha de prata na Olimpíada de Sydney.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.