Sotomayor jura que não se dopou

"Jamais tomei nandrolona", afirmou o ex-atleta cubano do salto em altura, Javier Sotomayor, que teve controle antidoping positivo para o uso de esteróide anabolizante. "Sei que todos juram inocência depois de um resultado positivo, mas no meu caso é realmente assim. Não sou culpado porque jamais tomei nandrolona", disse Sotomayor ao semanário cubano Granma. Sotomayor, que anunciou sua retirada do atletismo uns dias antes do caso de doping, em outubro, disse que foi submetido a 18 controles antidoping em um ano, inclusive quando estava de férias com a família, em Varadero. Nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, em 1999, Sotomayor teve resultado positivo para cocaína.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.