Sporting abandona a direção da Liga

A diretoria do Sporting continua revoltada com a Federação Portuguesa de Futebol e anunciou ontem sua saída do comando da Liga de Clubes. Os cartolas justificaram a medida como reação ao erro grotesco do árbitro Lucílio Baptista, que no sábado marcou pênalti inexistente do brasileiro Pedro Silva, que permitiu o empate do Benfica (1 a 1), na final da Copa da Liga. A decisão também foi para os pênaltis e a taça ficou com o Benfica. O árbitro depois admitiu a falha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.