Steelers bate rival Baltimore Ravens e está na final da Liga Americana da NFL

Equipe de Pittsburgh faz 31 a 24 em partida eletrizante, e está perto do Super Bowl XLV, em Dallas

estadão.com.br

15 de janeiro de 2011 | 23h21

Gene J. Puskar/AP

Hines Ward comemora seu touchdown na vitória do Pittsburgh Steelers sobre o Ravens

SÃO PAULO - Numa grande partida, o Pittsburgh Steelers venceu o rival Baltimore Ravens por 31 a 24 na noite deste sábado, no Heinz Field, em Pittsburgh, pela semifinal da Liga Americana da NFL.

Com a vitória, o Steelers agora espera o vencedor do confronto entre New York Jets e o favorito New England Patriots para disputar uma vaga ao Super Bowl XLV, que será disputado no dia 6 de fevereiro, na cidade de Dallas.

O jogo de poucos pontos - como acontecera nos dois confrontos na temporada regular - esperado não aconteceu, com o Steelers abrindo o placar logo com um touchdown em sua primeira posse de bola, com 10 jogadas e 81 jardas conquistadas.

O Ravens, no entanto, virou o jogo para 14 a 7 nas duas seguintes posses. A segunda delas graças a um fumble - perda de bola - do quarterback do Steelers, Ben Roethlisberger. E, para assustar a todos presentes no estádio, a equipe de Baltimore chegou ao terceiro touchdown seguido no segundo quarto, abrindo sua vantagem para 14 pontos.

Mas, como de costume, o Steelers voltou para os dois últimos quartos disposto a mostrar o porquê de ter uma das mais temidas defesas da NFL. Ao forçar um fumble e uma intercepção já no terceiro quarto, o sistema defensivo do time de Pittsburgh colocou o ataque em ótima posição no campo para empatar o jogo em 21 a 21.

Com o momento do jogo, o Pittsburgh passou à frente com um field goal, mas o Baltimore conseguiu o empate na posse de bola seguinte. Aí, coube a "Big" Ben Roethlisberger liderar o ataque a um touchdown com menos de 1min30s para fechar o jogo em 31 a 24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.