STJD mantém punição e deixa Cacá Bueno fora da próxima etapa da Stock Car

A etapa de Curitiba da Stock Car não contará com a presença do líder da temporada 2015. Os advogados de Cacá Bueno não conseguiram reverter a punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que suspendeu o piloto por uma etapa e o multou em R$ 50 mil pelo desabafo feito durante corrida em Ribeirão Preto na comunicação com a equipe e que acabou sendo vazada na transmissão da prova.

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2015 | 14h41

Na primeira corrida da etapa de Ribeirão Preto, Cacá Bueno não recebeu a bandeirada ao completar a volta final. Assim, ele continuou sendo pressionado por Marcos Gomes, com fiscais e mecânicos entrando na pista. Irritado, o piloto fez críticas duras em contato com a equipe, direcionadas principalmente à Confederação Brasileira de Automobilismo, chamada de "bando de imbecis".

Levado ao tribunal, Cacá Bueno foi punido pelo STJD com a suspensão de uma etapa e a multa. O piloto, então, recorreu do gancho, mas a pena foi mantida. Desse modo, o líder da temporada 2015 da Stock Car não poderá competir no próximo fim de semana na capital paranaense.

"O que aconteceu em Ribeirão (Preto) foi uma falha humana, que todos estamos sujeitos. No mesmo dia, conversei com a bandeirinha, que me pediu desculpa, assim como eu também me desculpei pela minha reação, e ficou tudo certo entre a gente. Mas quiseram dar continuidade a este assunto, levando para o tribunal. Continuo achando um absurdo pegarem uma conversa de rádio, privada, entre eu e a minha equipe e ter transformado isso numa declaração ou entrevista para criar uma polêmica. Infelizmente vou ficar de fora desta etapa (em Curitiba), mas voltarei na Corrida do Milhão com ainda mais vontade e gana para lutar pelo hexa e pelos pontos que deixarei de somar este fim de semana", disse.

Sem poder contar com Cacá Bueno, a equipe Red Bull definiu um substituto para o seu piloto. E ele será o belga Laurens Vanthoor, bicampeão mundial de GT (2013 e 2014), vencedor das 24 Horas de Spa no ano passado e campeão da Fórmula 3 Alemã em 2009. O piloto já possui experiência na Stock Car, pois neste ano participou da etapa de abertura, disputada em duplas, em Goiânia.

"Tudo aconteceu muito rápido, desde o convite até fechar todos os detalhes com a Red Bull Racing. Corro contra o Cacá (Bueno) há três anos no Blancpain Sprint Series e sei que ele é um piloto muito rápido e talentoso. Infelizmente, ele não poderá correr nesta etapa e estou lisonjeado por ter sido convidado para substituí-lo. Espero fazer o melhor trabalho possível para somar pontos importantes para a equipe neste fim de semana em Curitiba. No começo do ano corri a prova de duplas em Goiânia e, logo de cara, me senti muito à vontade no carro da Stock Car, então acho que a segunda vez vai ser ainda melhor", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.