Paul Ellis/AFP
Paul Ellis/AFP

Suíço do futebol é excluído dos Jogos por ato racista

Decisão coube ao chefe da delegação suíça, jogador havia publicado mensagem sobre coreanos em seu Twitter

AE-AP, Agência Estado

30 de julho de 2012 | 14h34

LONDRES - O jogador de futebol Michel Morganella foi expulso nesta segunda-feira dos Jogos Olímpicos de Londres por publicar uma mensagem racista no Twitter. O chefe da delegação suíça, Gian Gilli, disse que tomou a decisão de excluí-lo da competição, dois dias antes do último compromisso da equipe na fase de grupos do futebol masculino. "Discriminou, insultou e escarneceu a dignidade da equipe sul-coreana, assim como o povo sul-coreano", disse Gill.

O diário suíço Le Matin publicou imagens da mensagem enviada pelo perfil do jogador no Twitter, que depois foi excluída. O comentário foi publicado após a derrota por 2 a 1 para a Coreia do Sul no domingo. "Quero bater em todos os sul-coreanos. São um bando de retardados!", escreveu.

Morganella é o segundo atleta expulso do Jogos Olímpicos por comentários impróprios publicados em redes sociais. A Grécia dispensou na semana passada Voula Papachristou, uma atleta do salto triplo, por um comentário em que zombava dos imigrantes africanos.

O Comitê Olímpico Internacional tem incentivado os 10,8 mil atletas inscritos nos Jogos Olímpicos de Londres a se comunicar com os torcedores em mídias sociais. A entidade também lançou um guia de uso e conduta a ser seguida.

Morganella jogou 90 minutos em ambos os jogos da Suíça no futebol da Olimpíada e recebeu um cartão amarelo contra a Coreia do Sul, em Coventry. Ele estreou na seleção principal em maio e defende o Palermo, da Itália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.