Sullivan recupera recorde mundial dos 50 metros nado livre

Com tempo de 21s41, australiano supera marca atingida pelo francês Alain Bernard no último domingo

Reuters,

27 de março de 2008 | 07h51

Eamon Sullivan recuperou o título de homem mais rápido da natação ao quebrar novamente o recorde mundial dos 50 metros livre, nesta quinta-feira, durante as seletivas olímpicas da Austrália para os Jogos de Pequim. Veja também: Australiana quebra recorde mundial dos 100 m livreO nadador de 22 anos assombrou a piscina Olímpica de Sydney ao vencer sua bateria na semifinal com o tempo de 21s41, baixando em 0s09 a marca anterior estabelecida pelo francês Alain Bernard no fim de semana passado. Sullivan havia quebrado a antiga marca que pertencia ao russo Alex Popov no mês passado, mas perdeu o recorde para Bernard apenas quatro dias atrás. O australiano esteve muito próximo de quebrar o recorde mundial de Bernard dos 100 metros na quarta-feira, ficando apenas dois centésimos de segundo acima da marca, mas nesta quinta-feira conseguiu superar o rival nos 50 metros. "É gostoso ter o recorde de volta depois de não ter conseguido na noite passada", disse Sullivan em entrevista do lado de fora da piscina. O recorde de Sullivan foi a quinta marca mundial derrubada em seis dias de seletivas olímpicas na Austrália. A namorada dele, Stephanie Rice, quebrou o recorde mundial medley dos 200 e 400 metros medley, enquanto Sophie Edington e Emily Seebohm trocaram recordes nos 50 metros costas.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoEamon Sullivan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.