Isabella Bonotto / AFP
Isabella Bonotto / AFP

Supercopa da Itália, entre Juventus e Milan, será na Arábia Saudita

Clássico italiano vai acontecer no mesmo estádio onde o Brasil enfrentou a Argentina, em outubro

O Estado de S.Paulo

05 Dezembro 2018 | 16h33

O duelo entre Juventus e Milan, pela Supercopa da Itália, vai ser disputado na Arábia Saudita, informou nesta quarta-feira a liga que organiza a competição e o Campeonato Italiano. O jogo está marcado para o estádio King Abdullah Sports City, na cidade de Jeddah, mesmo local que recebeu o amistoso entre a seleção brasileira e a Argentina em outubro.

A partida vai ser realizada no dia 16 de janeiro do próximo ano. A Supercopa reúne os campeões do Italiano e da Copa da Itália. Na temporada passada, a Juventus levou os dois troféus. O Milan entrou na definição da Supercopa por ter sido o vice-campeão da Copa da Itália.

O confronto da Supercopa vem sendo realizado fora da Itália nos últimos anos. O jogo já foi disputado em países como Estados Unidos, China e Catar. Mas, desta vez, a sede do local se tornou polêmica por causa do assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi no Consulado do país em Istambul. A morte causou polêmica internacional por conta da acusação de que o crime foi encomendado por membros do governo da Arábia Saudita.

Em razão do episódio, o sindicato dos jornalistas da Itália condenou a realização da importante partida em solo saudita. A entidade classificou a decisão de "absurda" e "inaceitável".

De acordo com os setores de inteligência do governo dos Estados Unidos, o príncipe Mohammed bin Salman ordenou o assassinato ou ao menos tinha conhecimento sobre a realização do crime. Ele é um dos homens mais poderosos do país.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Juventus de TurimMilanfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.