Superliga: Rexona garante 1.º lugar

O Rexona/Ades assegurou neste sábado a primeira colocação da fase classificatória da Superliga Feminina de Vôlei. Neste sábado, em Belo Horizonte, a equipe de Bernardinho venceu o MRV/Minas por 3 a 0 (25/20, 25/21 e 25/12) e assegurou a vantagem de poder fazer dois dos três possíveis jogos das quartas-de-final em casa. Antes disso, a equipe jogará fora de casa com o Finasa/Osasco, no clássico de maior rivalidade no vôlei feminino brasileiro - e que é a provável final da competição."O time jogou com metade de sua força. Não gostei, principalmente dos dois primeiros sets quando a partida foi arrastada e o ritmo meio lento. Para recuperar vamos treinar domingo e segunda para chegarmos bem na terça-feira", disse Bernardinho.A levantadora Fernanda Venturini aproveitou para criticar a torcida mineira: "Se você fizer uma pesquisa na internet vai ver que a torcida aqui é a mais mal-educada do Brasil. O pessoal xinga a gente o tempo todo. Ainda bem que acabou aqui em Minas."Morte - Durante o jogo, um torcedor de 25 anos, faleceu após sofrer duas paradas cardíacas. O jovem, portador de uma cardiopatia congênita, sofreu parada cardíaca na arquibancada ao final do segundo set do jogo. Ele foi atendido pela equipe médica que estava no ginásio, que usou o desfibrilador localizado ao lado da quadra. Recuperou os sentidos, mas não resistiu à segunda parada cardíaca. A família pediu para não divulgar o nome do rapaz.

Agencia Estado,

19 de fevereiro de 2005 | 18h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.