Ed Sloane/WSL
Ed Sloane/WSL

Italo Ferreira termina em 5º lugar na etapa de Margaret River do Mundial de surfe

Campeão olímpico em Tóquio é superado pelo sul-africano Matthew McGillivray e cai nas quartas de final; Filipinho é eliminado nas oitavas e Jack Robinson leva o título

Redação, Estadão Conteúdo

04 de maio de 2022 | 09h46

O brasileiro Italo Ferreira terminou em quinto lugar a etapa de Margaret River do Circuito Mundial de surfe, na Austrália. O atual campeão olímpico caiu nas quartas de final, nesta quarta-feira, para o sul-africano Matthew McGillivray por 15,87 a 14,67.

O título da quinta etapa do Mundial ficou para o australiano Jack Robinson, que bateu o havaiano John John Florence na final por 16,24 a 15,60. Este resultado impediu que Florence superasse Filipe Toledo na liderança do ranking mundial. O brasileiro soma 24.440 pontos, contra 23.375 do havaiano. Único brasileiro presente nas quartas de final em Margaret River, Italo é o quinto do mundo, com 18.895.

Quatro brasileiros caíram nas oitavas de final. Filipe Toledo, que buscava o bicampeonato em Margaret River, perdeu para o americano Nat Young por apenas três décimos: 15,66 a 15,63. Caio Ibelli não superou o australiano Ethan Ewing (16,43 a 14,03) e Samuel Pupo foi outro surfista nacional a ser batido por Matthew McGillivray (14,50 a 10,74). O sul-africano Jordy Smith eliminou Jadson André por 13,24 a 12,26.

O dia ainda contou com uma dobradinha australiana. No feminino, o título ficou com a surfista Isabella Nichols, ao derrotar a havaiana Gabriela Bryan. A brasileira Tatiana Weston-Webb caiu nas oitavas.

Com os resultados em Margaret River, ficaram definidos os 22 representantes do masculino e as dez no feminino que continuam com chance de título mundial. Serão mais cinco etapas até o Taiti, quando serão conhecidos os cinco melhores classificados no masculino e feminino. Eles vão para a disputa da WSL Finals, em Trestles, nos EUA, quando serão definidos os campeões mundiais deste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.