Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Surfistas havaianos iniciam triagem para final do Circuito

Pré-eliminatória vai começar com 32 atletas locais competindo entre si; apenas dois garantem vaga no Billabong Pipe Masters, em Oahu

PAULO FAVERO - Enviado especial ao Havaí, O Estado de S. Paulo

08 de dezembro de 2014 | 08h21

Gabriel Medina, Kelly Slater e Mick Fanning vão disputar o troféu no Billabong Pipe Masters, que tem início previsto para esta segunda-feira, com a realização de uma triagem com 32 surfistas havaianos - só os dois melhores garantem vaga no torneio. A premiação dessa etapa qualificatória é de US$ 100 mil e, além dos dois classificados, outros dois atletas serão indicados pela patrocinadora do evento e pela ASP (Associação dos Surfistas Profissionais).

Um desses quatro atletas ficará na chave de Medina na primeira rodada da competição, junto com o espanhol Aritz Aranburu. Mas o brasileiro já enfrentou outros locais durante todo o Circuito Mundial, por estar entre os primeiros do ranking, e geralmente avançou de fase. Vale lembrar que o Pipe Masters tem prazo para terminar até o dia 20 de dezembro.

Nesta segunda pela manhã, no fuso horário do Havaí (à tarde para o Brasil), a organização vai definir se existem boas condições para iniciar a triagem. Existem ótimas expectativas nessa semana por causa de uma grande ondulação no Oceano Pacífico, que pode fazer com que a etapa tenha ondas de tamanho grande.

Na terça é capaz de o mar ficar tão grande em Pipeline que a disputa precisará ser adiada. De qualquer maneira, a ansiedade em relação à competição é enorme. Existe uma grande movimentação na praia e muitas pessoas passam horas ali na esperança de ver alguma estrela do Circuito em treinamento. Mas nem sempre os profissionais dão as caras em um mar que está lotado de gente em busca de um grande tubo.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeGabriel Medinatriagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.