Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Surfistas se arriscam em ondas grandes antes da final

Participantes do mundial de surfe aproveitam dia de descanso em Pipeline para encarar o desafio na praia de Waimea

PAULO FAVERO, Estadão Conteúdo

10 de dezembro de 2014 | 20h13

Em dia de descanso para os participantes do Billabong Pipe Masters pois a organização da competição decidiu que o mar não estava em boas condições para a disputa da etapa final do Circuito Mundial de surfe, os surfistas de ondas grandes se divertiram na grande ondulação que chegou ao litoral do Havaí nesta quarta-feira.

Em Waimea, famosa por concentrar as ondas grandes da ilha de Oahu, dezenas de corajosos entraram no mar que apresentou ondas acima dos sete metros. O local é palco do famoso torneio Eddie Aikau, que só é realizado em condições limites, com ondas acima dos 13 metros. A condição é rara, tanto que a última vez que foi realizado foi em 2009.

A baía de Waimea tem um perfil geográfico interessante porque ela é rodeada por um penhasco e isso cria uma espécie de "anfiteatro natural" para observar os surfistas na água. Assim, na estrada que passa ao lado de Waimea, os turistas param para tirar fotos e ver o desempenho dos atletas.

"É algo muito bonito de se ver, nós nunca presenciamos uma cena dessas", explica o canadense Brian McKee. "Nós fomos visitar o Centro de Cultura Polinésia e aproveitamos para dar um pulo aqui em Waimea. Somos de Montreal e lá não tem esse tipo de coisa. É realmente incrível."

As pessoas também se concentram na faixa de areia na praia, mas para evitar qualquer problema um posto elevado de salva-vidas fica bem próximo da água. Mesmo assim, já ocorreram diversos acidentes na região, que é famosa por ter cavernas submersas. Quando uma pessoa afunda com a onda, corre o risco de ficar presa nesses buracos.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeGabriel Medina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.