Tarso Sarraf/ Especial para o Estado
Tarso Sarraf/ Especial para o Estado

Surfistas treinam para bater recorde em onda da pororoca, no Pará

Dezenas de atletas estão reunidos em São Domingos do Capim

GABRIELA AZEVEDO, Especial para o Estado

20 Março 2015 | 20h07

O XVII Festival de Surfe da Pororoca reuniu nesta sexta-feira aproximadamente 60 surfistas, que treinaram para tentar bater um recorde neste final de semana. A onda surge no rio Capim, no município de São Domingos do Capim, interior do Pará, a partir do encontro dessas águas com uma corrente oceânica. O evento deve estabelecer o recorde no Ranking Brasil com aproximadamente 100 atletas com suas pranchas na mesma onda formada pela pororoca.

Desde sexta-feira, surfistas do Pará e de outros estados do Brasil estão na cidade para se prepararem para o festival de surfe. Também estão presentes atletas da França, Suíça e Peru. O fenômeno acontece com mais intensidade entre os meses de março e abril.

O evento é realizado pela Associação Brasileira de Surf na Pororoca (Asbrapo), em parceria com o Governo do Estado. Segundo o presidente da entidade, Noélio Sobrinho, a expectativa é quebrar o recorde. “Já fizemos isso anteriormente, mas dessa vez a contagem será homologada. Estou muito confiante. Hoje a pororoca é uma febre, os surfistas do mundo inteiro querem surfar aqui. Vamos estabelecer o recorde mundial e, se ninguém bater a marca depois, vamos entrar para o Guinnes Book, que deve sair no final do ano que vem”, afirma.

De acordo com o fiscal do Ranking Brasil, Luciano Cadari, é preciso primeiro estabelecer um recorde. “Estamos criando uma nova categoria. Hoje a gente analisa o movimento e o momento dela. No sábado e domingo, vamos estabelecer um recorde. Faço a contagem, analiso as imagens, a gente homologa, entrega o troféu e a partir de segunda-feira a marca estará no nosso site”, explica.

Além da tentativa de obtenção do recorde, na noite deste sábado haverá o surfe noturno, quando dez surfistas vão enfrentar a grande onda, a partir das 22 horas. O evento principal será no domingo, 22, a partir das 11 horas, no Mirante do Barriga - que fica localizado a 13 quilômetros da sede do município. A expectativa é de grande público para acompanhar os surfistas na água.

Mais conteúdo sobre:
Surfe Pororoca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.