Surpresa desafia Brasil no Casaquistão

ALMATY, CASAQUISTÃO

, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2011 | 00h00

A seleção feminina de vôlei está invicta no Grand Prix, mas os resultados da semana passada já ficaram para trás. Hoje, às 9 horas, na abertura da segunda fase, a equipe de José Roberto Guimarães enfrenta a maior surpresa da competição até aqui, a Tailândia. As rivais bateram Cuba e Peru na fase anterior e só pararam na tradicional Rússia.

"Apesar de ser um time baixo, elas defendem muito e nunca desistem. Precisaremos entrar ligadas no jogo e o nosso saque terá um papel importante", disse Mari. "As tailandesas vão entrar sem pressão contra o Brasil. E assim elas já surpreenderam favoritas na primeira fase."

O Brasil ainda vai enfrentar o Casaquistão, seleção dona da casa em Almaty, e a tradicional equipe italiana pelo Grupo F do Grand Prix de vôlei. Na Coreia do Sul, na semana passada, as brasileiras bateram as anfitriãs, a Alemanha e o Japão.

A fase final da competição vai reunir as sete melhores equipes mais a China, em Macau, entre os dias 24 e 28. O Brasil é o maior vencedor do Grand Prix, com oito conquistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.