TAS recebe apelação de Landis e decisão sai em até 4 meses

Ciclista pretende reter o título da Volta da França de 2006; esta é a última chance do norte-americano

EFE

11 de outubro de 2007 | 14h55

O ciclista americano Floyd Landis já apresentou ao Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS), com sede na cidade suíça de Lausanne, uma apelação da punição de dois anos por doping, aplicada pelas autoridades americanas.   O TAS divulgou hoje um comunicado confirmando o recebimento do recurso e que, de acordo com seus procedimentos, dará sua decisão dentro de um prazo de quatro meses a partir da apelação. Landis quer que o TAS anule a punição atual.   O ciclista americano deu positivo por uso de testosterona sintética no Tour de France de 2006, vencido por ele mesmo. Com o doping, Landis perdeu o título, que acabou com o espanhol Oscar Pereiro, segundo colocado geral.   O americano disse "duvidar da sinceridade" do TAS no caso, mas que apelará à última instância mesmo assim. "Sabendo que as acusações contra mim são simplesmente equivocadas e tendo todo o apoio, energia e recursos, incluindo o apoio de meus familiares, amigos e fãs, mostrarei que ganhei a Volta da France de 2006 com limpeza e retidão. Vou continuar a lutar pelo que considero ser justo", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Volta da Françaciclismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.