Divulgação
Divulgação

Técnico da seleção de handebol elogia intensidade contra o Japão

Para dinamarquês Morten Soubak, meninas estão preparadas para enfrentar a França

Nathalia Garcia, estadão.com.br

05 de dezembro de 2011 | 22h39

SÃO PAULO - Após a segunda vitória no Mundial, o técnico da seleção brasileira feminina de handebol, o dinamarquês Morten Soubak destacou o início de jogo da equipe contra o Japão. No entanto, o comandante não deixou de apontar a ansiedade que atrapalhou o Brasil em parte do confronto no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

"Fiquei feliz com a vitória. Começamos com uma intensidade fantástica, mas depois erramos muito", disse Soubak.

O técnico também destacou as atuações das goleiras Bárbara e Chana. Para Soubak, o trabalho defensivo das jogadoras tem sido fundamental para o desempenho do Brasil neste começo de Mundial. "As duas foram muito bem e têm dado confiança para a defesa, ajudando nos contra-ataques."

Para o confronto desta terça-feira, Soubak admite o favoritismo da França, mas acredita que o Brasil está preparado para complicar a vida do time europeu.

"A França assusta todo mundo. Vai ser um jogo muito duro. A França é uma das melhores equipes fisicamente, mas as meninas estão com físico competitivo e preparadas para o jogo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.