Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Técnico da seleção feminina de handebol é o segundo melhor do mundo

Morten Soubak fica em segundo lugar entre os treinadores que trabalham com mulheres

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2013 | 14h52

BASEL - Além da melhor jogadora do mundo, a seleção brasileira de handebol tem agora também o segundo melhor treinador do planeta. Nesta segunda-feira, a Federação Internacional de Handebol (IHF, na sigla em inglês) anunciou o resultado da eleição relativa à temporada 2012/2013 com o dinamarquês Morten Soubak no segundo lugar entre os treinadores que trabalham com mulheres.

O vencedor da premiação foi o islandês Thorir Hergeirsson, que comanda a seleção nacional da Noruega, e teve 33% dos votos. Soubak veio logo atrás, com 27% das escolhas. No ano passado, o islandês também havia vencido, mas o dinamarquês, na ocasião, terminou em terceiro na votação. No masculino, a vitória foi do espanhol Valero Rivera, campeão mundial no começo do ano.

Morten Soubak chegou ao Brasil para comandar o time masculino do Pinheiros, que ele treinou por quatro anos. Convidado para a seleção feminina, iniciou em 2009 um processo de fortalecimento da modalidade. Com ele, o Brasil foi quinto no Mundial de 2011, em casa, e sexto nos Jogos de Londres/2012. A partir desta temporada, ele treina também o Hypö, time austríaco com o qual a Confederação Brasileira de Handebol tem parceria e onde joga a base da seleção.

Tudo o que sabemos sobre:
handebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.