Técnico da seleção masculina volta ao Brasil depois de oito meses

Depois de quase oito meses desde sua última visita, Moncho Monsalve está de volta ao Brasil. Garantido como técnico da seleção masculina de basquete pelo novo presidente da CBB, Carlos Nunes, o espanhol chega hoje ao Rio com uma série de compromissos. Finalmente, vai assistir de perto aos jogos da Liga Nacional - até agora, só viu o torneio iniciado em janeiro por DVD. Será também a chance de avaliar e conversar com alguns dos atletas que convocará para a Copa América, em agosto.Moncho não vem ao País desde setembro, quando participou do planejamento para o ciclo olímpico de Londres/2012 - do qual, provavelmente, só fará parte até o Mundial da Turquia, em 2010. O técnico afirmou, ainda no Pré-Olímpico Mundial, em julho, que pretendia passar o comando da seleção para seu auxiliar, José Alves Neto. O trabalho no Brasil durará 10 dias. Hoje, assistirá ao jogo entre Flamengo e Minas - ambos estão classificados para a semi. Amanhã, terá reunião de trabalho com Neto, também supervisor das seleções de base. No dia seguinte, conversará com o presidente da CBB. O principal momento da visita do técnico será na semana que vem. Moncho vai anunciar os convocados para a Copa América, torneio classificatório para o Mundial. A grande esperança do técnico, desta vez, é contar com os brasileiros da NBA. Até foi aos EUA, em março, para convencer Nenê Hilario, Leandrinho Barbosae Anderson Varejão a voltarem para a seleção.

Amanda Romanelli, O Estadao de S.Paulo

13 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.