Técnico de Kenteris guardava doping

A polícia grega apreendeu 641 caixas de suplementos vitamínicos que continham o estimulante proibido efedrina em um armazém utilizado por Christos Tzékos, que era treinador dos atletas gregos Kostas Kenteris e Ekaterini Thanou. A informação foi dada neste sábado por fontes judiciais.A busca fazia parte da investigação aberta para apurar a ausência de Kenteris e Thanou da Vila Olímpica quando foram procurados para passar por um controle de doping, no último dia 12, e o suposto acidente de moto que os dois atletas sofreram naquela mesma noite. Kenteris e Thanou decidiram abandonar os Jogos sem esperar a decisão da Comissão Disciplinar do COI sobre o caso. Um procurador e dois inspetores fizeram uma busca nos escritórios e o armazém da empresa de Tzékos e descobriram suplemento vitamínicos para os quais o treinador precisaria de licença de importação e que continham efedrina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.