Técnicos duelam em situação oposta

Mano, em alta e cotado para a seleção, e Luxemburgo, descartado pela CBF, são atração em Corinthians x Atlético-MG

Valéria Zukeran, O Estado de S.Paulo

18 de julho de 2010 | 00h00

Reforço. Dentinho recuperado, volta ao ataque corintiano. Ronaldo segue fora do time

 

 

 

Dois técnicos badalados e em situações opostas se enfrentarão hoje, no Campeonato Brasileiro, no jogo entre Corinthians e Atlético-MG, a partir das 16 horas, no Pacaembu. De um lado, Mano Menezes, em ascensão, cotado para ser técnico da seleção brasileira e dirigir o time até a Copa de 2014. De outro, Vanderlei Luxemburgo que, depois de anos sendo apontado como o melhor treinador do País, nem é cogitado a fazer parte da lista de prováveis substitutos de Dunga, embora dê mostras de que não está disposto a jogar a toalha.

Quando o assunto é tabela de classificação, Mano leva grande vantagem. O Corinthians terminou a última rodada como líder do Brasileiro, com 18 pontos, apesar do empate sem gols contra o vice-líder Ceará, na quarta-feira, em Fortaleza.

O Atlético-MG está em 13.º, com 9, e só deixou a zona de rebaixamento na quinta-feira, depois de vencer o Atlético-GO por 3 a 2, em Minas. Os atleticanos, no entanto, prometem reação e garantem que os paulistas não terão vida fácil nesta tarde.

Nos bastidores, Mano e Luxemburgo mostram suas credenciais para comandar a seleção. O corintiano não faz autopromoção, mas procura mostrar conhecimento de tudo o que ocorre no futebol do exterior e fala com desenvoltura de esquemas táticos e tendências internacionais.

Embora o seu currículo não tenha passagens no exterior, a trajetória até agora é feita de contínuos progressos. Saiu do XV de Campo Bom, foi para o Grêmio e vem fazendo excelente trabalho no Corinthians.

Esperança. Luxemburgo, que nos últimos anos tem vivido altos e baixos - a maior derrota fora da seleção foi, sem dúvida, o fracasso no comando do Real Madrid, em 2005 -, mostra preocupação em apagar os erros cometidos no passado. Um exemplo está em seu blog, que estampa foto da certidão que comprova já não dever mais nada à Receita Federal.

Na última entrevista coletiva após jogo do Atlético-MG, ressaltou o trabalho de "media training" (treinamento de mídia) para lidar melhor com a imprensa. Vale lembrar que o quesito foi o grande calcanhar de Aquiles de Dunga durante toda a sua gestão na seleção, de 2006 a 2010.

 

 

 

FICHA TÉCNICA

 

Corinthians: Julio César, Alessandro, Chicão, Willian, Roberto Carlos, Ralf, Elias, Danilo, Bruno César, Jorge Henrique, Dentinho. Técnico: Mano Menezes

 

Atlético-MG: Fábio Costa, Diego Macedo, Jairo Campos, Weley, Leandro, Zé Luís, Serginho, Fabiano, Ricardinho, Neto Berola, Ricardo. Técnico: V. Luxemburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.