''Temos de parar com a euforia'', diz Edmílson

Ao término do jogo contra o Flamengo, o meia Diego Souza afirmou que Jorginho era um dos responsáveis pela boa campanha do time. O interino, porém, só tem quatro jogos à frente da equipe. A invencibilidade palmeirense é maior: já são 11 partidas consecutivas sem perder na temporada.O triunfo no Rio garantiu ao Palmeiras mais uma rodada no G4, com 22 pontos. Apesar da demissão de Vanderlei Luxemburgo, os jogadores nunca perderam a fé no título brasileiro. "A confiança vem junto dos resultados", diz Pierre.Edmílson, um dos mais experientes do grupo, pede calma à torcida e aos companheiros. Ele teme que as últimas boas apresentações possam ser apagadas caso uma derrota venha amanhã, contra o Santo André, em casa. "Temos de parar um pouco com a euforia e pensar no Santo André", alertou. "É preciso ser cauteloso no jogo. Eles já arrancaram pontos de times grande fora de casa."A equipe do ABC, como bem lembrou o palmeirense, ganhou do Coritiba no Couto Pereira e do Fluminense no Rio. O Palmeiras espera não ser surpreendido para seguir invicto no Palestra Itália durante o Campeonato Brasileiro: são quatro vitórias e dois empates. A confiança é grande.Para Edmílson, o triunfo de quarta-feira foi importante para se afastar de um dos candidatos ao título. "Era um jogo contra concorrente direto e o deixamos para trás." A diferença do Palmeiras para o Flamengo saltou para sete pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.